Hannah Howell e o Mundo Wherlocke

25 março 2013

Bom dia amores tudo bem??
Bom, depois de ler os três primeiros volumes da série da família Wherlocke resolvi falar fazer um balança sobre o que achei dos livros.
A Vidente. A Sensitiva . A Intuitiva. (Para ler as resenhas clique nos títulos). Comprei os livros ano passado, me dei de presente de natal. E só depois que eles chegaram é que descobrir que tem outro livro da série.
O Escolhido, este conta a história de Argus, o primeiro protagonista masculino da série.
Um homem nu aparece no roseiral da família de Lorelei Sundun. Ao contrário de gritos ou pedidos de socorro, algo que se esperava da maioria das mulheres de sua época, Lorelei oferece ajuda, pois percebe o embaraço do rapaz, que não sabia onde estava. Ela nunca ouvira falar da família de Argus Wherlocke, nem sobre os dons paranormais comuns entre os membros desta família. Porém, arrebatada por uma súbita paixão e munida de coragem, ela logo se arrisca para ajudá-lo num jogo perigoso de perseguições. Argus logo descobre que Lorelei é sua única esperança de salvação, e que seu desejo pode ser a mais importante arma para combater seus inimigos. O escolhido é o quarto livro da saga da família Wherlocke, cujo personagem principal, Argus Wherlocke, tem o dom de hipnotizar as pessoas pelo olhar e pela voz. Argus é da mesma família de Chloe, Penelope e Alethea, personagens apresentadas nos livros A Vidente, A Sensitiva e A Intuitiva.
Vou comprar, em breve terá resenha dele aqui no blog também.
Mas vamos ao que interessa.
IMG00035
Não esperava que os livros da Família Wherlocke fossem tão bonitinhos de ler. Quando comprei esperava histórias mais pesadas ou até mais melosas. Porém me deparei com livros que me levaram a época que adorava ler romances de banca.
Todas as histórias são passadas em tempos entre 1785 – 1800, datas que sempre mexeram muito com a minha imaginação, já que o que sabemos é o que achamos em livros e creio que Hannah conseguiu contar suas histórias muito bem apensar da época delas.

Não se encontra no livro aquele linguajar difícil, palavras complicadas de falar ou até te se entender. A autora ao escolher uma escrita comum creio que ajudou na hora de leitura.
O problema é quando você pega um livro e o autor não sabe como usar certas palavras e acaba misturando tudo com todas as épocas. Hannah não se deu o trabalho de fazer isso. Ela acertou em optar em algo simples.
Posso dizer a vocês que nem todos os livros são legais como imaginei. Já cansei de falar tanto no blog, tanto no twitter ou no Instagram que o meu livro preferido até agora foi A Sensitiva, achei a protagonista muito bem resolvida e o amor que nasce dela ao seu protegido é uma coisa gostosa de ler.
IMG00036Certamente quem não gosta de romances de banda, pode não gostar de Hannah Howell, pelo menos essa série de livros em questão. Ela conseguiu fazer um romance de banca uma coisa agradável que fica no gosto de várias pessoas.
Inclusive tirar um pouco do pré-conceito que esses livros tão simples com histórias tão bonitinhas tem.
Lembrem-se nem sempre uma capa cafona nos trás um livro ruim.

Não podemos deixar de lado o trabalho da Editora Lua de Papel nas capas. Que sinceramente são as mais lindas de todas ♥
Se você tem curiosidade em ler livros de Hannah Howell, comece com a Família Wherlocke. São romances leves, cheios de mistérios e gotosos de ler.
A Vidente/ If He’s Wicked
          
A Sensitiva/If He’s Sinful
        
A intuitiva/If He’s Wild
        
Ps: Se fosse para usar a tradução livre, acho que os livros não iriam cair muito bem no gosto do povo.

19 comentários :

  1. Oi Lana,
    li poucos romances de banca, mas acabei me apaixonando por este tipo de leitura...
    juro que achava que ele era apenas uma trilogia! não sabia da existência deste 4° livro :P
    nunca li nenhum deles, mas parecem ser muito fofos mesmo (só pela capa já dá para se tem uma ideia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando comprei os livros nem eu sabia.. Agora vou comprar o último. O Escolhido ♥ Penso que é um bom livro.

      As histórias são boas, mas a pessoa tem que gostar se não nem curte sabe.

      Excluir
  2. Ahh, eu adoro esta série <3
    Ok, parei na metade de A Intuitiva, mas não por não gostar hehe.
    O que mais gostei foi A Vidente, mas acho que foi pela surpresa (sério, eu comprei pela capa e nem imaginava que era uma história de época! hahaha).
    Ainda não comprei O Escolhido, mas tô curiosa para ler a versão masculina de um Wherlock =)

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ceile.. Já gostei de A Sensitiva.
      A Intuitiva é muito bom. O fima do livro é bem bacaquinha temrine de ler.

      Excluir
  3. Helana, eu tenho um dos livros, o q chamou minha atenção foi o título, mas confesso que se fosse no oriiginal eu nem iria comprar....
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marli,
      também não iria comprar se fosse pelo titulo original.

      Excluir
  4. eu tenho todos esses livros xp
    eu to querendo comprar o escolhido *-*
    eu nunca li romances de banca, mas quando li esses o povo me disse que era bem parecido e eu pude ter uma noção de como é sabe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh eu preciso de O Escolhido para ONTEM minha gente. HUSHSUAHSUAHSUA
      Tens resenha dos livros?

      Excluir
  5. Oi Helana! Nunca li romances de banca e achei engraçado o seu comentário que nem toda capa cafona traz um livro ruim. Eu acho capas com pessoas quase sempre bem cafonas, mas tenho encontrado boas histórias por trás delas, por exemplo, com P.S. Eu Te Amo.
    Não li nada dessa autora, mas sabe que as capas dessa série me atraíram desde a época em que foram lançadas. É curioso ver que o foco das edições em inglês está no lado masculino da coisa. Não sei se hoje eu leria a série, talvez mais adiante. Mas gostei de saber que a autora acertou a mão nos livros.

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é verdade HASUAHSUAHUSAS, nem toda cafona tem história ruim.. Sei lá.
      Eu gosto da capa de PS eu Te amo, diz bastante sobre o livro.
      Pelas coisas que você lê, pelo menos vejo no seu blog, acho que tu iria curtir um pouco a história de romance de banca. Tem uns bons viu.

      Excluir
  6. Helana,

    eu acho lindas as capas também, mas não tenho vontade de ler esses livros. Exatamente por se parecerem com romances de banca. Participei de uma maratona de março/ 2012 a fev/ 2013 e, sinceramente, preciso de um tempo! rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendi Ju, acho que no seu lugar também iria precisar de um tempo.
      Mas te confesso que quando comprei os livros foi por causa das capas, dá orgulho delas são lindas.

      Excluir
  7. Lana, com certeza a Lua de Papel fez um ótimo trabalho em relação a capa e tradução. Não achei a capa cafona, achei bonitinha. Hahah
    A serie é algo a nos fazer lembrar dos velhos tempos de romances de bancas, nos trás aquela nostalgia, mas de um modo bom.

    A linguagem simples, é com certeza um super ponto positivo, a autora acertou em cheio.
    Só li os dois primeiros, mas espero ler os outros. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gih você gostou também? Eles são bons sim.
      Tu tocou num ponto que gostei muito de falar a linguagem que autora usou.
      Tem coisa melhor do que você usar uma linguagem simples do que errar feio? Ela deixou o livro leve assim.

      Beijinhos

      Excluir
  8. Goste dos que eu li até agora.
    Mais as letras poderiam se maior já que muito pessoas assim como eu não enxergam muito bem. Espero anciosa as próximas edições.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviana, concordo com você!
      Também acho que a letra poderia ser maior.. Tipo letra padrão sabe? HSUAHSUAHSUAHSA

      Excluir
    2. tbm acho, a mini letra n ta com nada mas... faze o que ? kkk

      Excluir
  9. Não li nenhum dos livros desta autora, mas sempre tive curiosidade...Mas ao ler que você indica fiquei ainda mais animada para ler, e acho linda demais estas capas!!
    Beijocas!!

    ResponderExcluir
  10. comecei a ler a pouco tempo os livros dela e amei, muito bom msm, gostei mais do" a intuitiva" foi o primeiro q li agora to na "a vidente" . juro q pensei q por ser de fantasia ia acabar nao gostando, ( ja q n gosto ) mais me enganei completamente , os livros dela sao muito bons de verdade. vale a pena ler.

    ResponderExcluir