Brasil no Festival de Veneza.

29 julho 2011

Oi meus amores.

Tudo bem? Semaninha meio corrida essa.

Trouxe para vocês uma nota bem legal (via Jornal de Santa Catarina e Cinema em Cena), e importante para o cinema brasileiro.
Três filmes de cineastas do Brasil, Argentina e C hile, irão competir na prestigiada sessão Horizontes da 68ª edição do Festival de Cinema de Veneza, de 31 de agosto a 10 de setembro.

O filme Girimunho, dos brasileiros Helvécio Marins Jr. e Clarissa Campolina.


Conta a história uma senhora de 81 anos, moradora de um vilarejo no interior de Minas. Após a morte do marido, ela busca um recomeço e transita entre a tradição a que sempre esteve acostumada e o modo de vida contemporâneo.

Nocturnos do cineasta, escritor e dramaturgo argentino Edgardo Cozarinsky e de Verano, do chileno José Luis Torres Leiva, participarão da sessão paralela, considerada uma das mais experimentais e inovadoras.

 

E para completar o trio e uma curiosidade claro, o filme Histórias que Só Existem Quando Lembradas de Julia Murat.
O filme guarda semelhança com Girimundo, já que seu enredo é sobre uma mulher viúva que vive em um vilarejo afastado. Ela tem sua rotina repentinamente alterada com a chegada de uma jovem fotógrafa. O elenco conta com Sônia Guedes, Lisa Fávero, Luís Serra, Ricardo Merkin, Antônio dos Santos. Trata-se de uma co-produção Brasil/França.(via cinema em cena)

Nenhum comentário :

Postar um comentário