Opinião: Olhos de Lázzuli, Paulo Vitor Vasconcellos

21 junho 2017

Resenha de Livro
Oi amores tudo bem?
Terminei recentemente o livro Olhos de Lázzuli, livro de um jovem autor de 21 anos. Tenho parceria com a Scortecci Editora e eles fazem o envio de seus livros diretamente com os autores e tive o prazer de ler a obra do Paulo. Escolhi o livro primeiramente pela capa, e depois que li a sinopse dele, sabia que seria o primeiro livro a solicitar.
Vamos a resenha?
olhos de lázzuli01

Olhos de Lázzuli ,Paulo Vitor Vasconcellos

Três anos após a morte de seu avô Guido, uma série de acontecimentos misteriosos levam a pequena Lázzuli, de 9 anos, a Sial, um mundo cheio de aventuras e perigos, como o das histórias contadas por ele. O desaparecimento da menina obriga seu pai, Yan, a retornar ao antigo casarão do velho Guido e relembrar histórias de sua infância que fizera questão de esquecer, embarcando em uma jornada pessoal de reencontro com seu passado e mergulhando em uma viagem cheia de surpresas e fortes emoções para trazer sua garotinha de volta.
Edição: 1
Editora: Scortecci
ISBN: 9788536650562
Ano: 2017
Páginas: 228
Os Olhos de Lázzuli, é um livro fino, suas 288, são dividas em 24 capítulos, todos eles estão em um sumário e ganharam um título cada referente a parte da história.
A diagramação é simples, e  a revisão do livro bem feita.


olhos de lázzuli03
Neste livro conhecemos a família de Yan e Anna e suas filhas Yanna e Lázzulli que recebeu este nome por causa dos lindos olhos azuis.
Yan, é engenheiro e quer vender a casa do velho Guido que faleceu, um casarão cheio de lembranças e mistérios. Lázzuli era muito apegada a Guido e sente falta. Ele acha que está na hora de vender a casa pois ninguém mora lá, mesmo tendo milhares de lembranças de Guido e a casa.
As coisas com o pai das meninas começa a dar errado, ele vê sua vida de transformar e parte disso é porque Yan deixou a inocência da juventude e a fantasia de lado.
Em um dia comum na casa da família, Anna manda sua empregada limpar o casarão e Lázzuli vai com ela. Dois homens misteriosos entram na casa e Lázzuli some misteriosamente entrando em mundo de fantasia. Desesperada a mãe das meninas avisa Yan. Durante a noite ele vê a figura do velho Guido e ele sabe onde esta a menina, sabe que precisa voltar ao casarão para procurar sua filha, sem avisar sua esposa onde ia, Yan some para encontrar sua filha.
Filha precisa descobrir como sair desse mundo fantasioso e Yan precisa acreditar que a fantasia é real.
olhos de lázzuli04
Olhos de Lázzuli foi um livro delicioso de ler, uma narrativa simples, recheado de diálogos que constroem a história muito, a leitura lembrou-me um pouco de Alice no País das Maravilhas, onde a menina some e entra num mundo muito diferente, com Lázzuli não foi diferente, porém aqui temos um pai que sabe de muitas histórias de velho Guido e precisa relembrar o passado para trazer sua filha de volta, reviver coisas que já reviveu e principalmente encarar as coisas que ele deixou guardas pór tanto tanto.

Yan é um personagem cheio de mistérios, no qual o leitor vai descobrindo aos poucos o que ele guardou consigo e porque Lázzuli sumiu.

Achei a história escrita pelo Paulo muito gostosa de ler. O livro trás muito além da fantasia, uma critica a sociedade muito boa, no qual nos fala que uma criança precisa ser uma criança, existe hora para tudo e que os pais precisam dar mais atenção a eles, o Mundo corrido de hoje em dia nos mostra como a presença dos pais está cada vez menor.

Olhos de Lázzuli com certeza é um livro que vai agradar a todos os leitores que procuram uma leitura leve, com uma boa reflexão e divertido!
Valeu muito a pena!
olhos de lázzuli05
-> Siga o Blog nas redes sociais e fique mais pertinho da gente ? FacebookInstagramTwitterYouTubeBaixe o Aplicativo para celular In The Sky

Helana O'hara
Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!

10 comentários :

  1. Oiii Helana tudo bem?
    Em primeiro lugar que capa mais linda garota, eu achei lindo aquela cor mais forte, parece uma luz, em relação ao livro com toda certeza eu adoraria ler, não vai parecer nada fácil para ela enfrentar tudo, ainda mais que é uma criança, dica anotada e lindas fotos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Desconhecia a obra mais já fiquei encantada com essa capa. A premissa me agrada bastante e fiquei curiosa pelo fato de ser um tanto semelhante com Alice no país das maravilhas por conta dessa característica de a personagem embarcar em um mundo completamente novo e desconhecido.
    Amei saber suas impressões e já deixei a dica anotada!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas adorei. Parece ser muito bom. Gostei dessa crítica que ele faz a sociedade sobre crianças, pois hoje em dia é muito difícil simplesmente ser criança. Também concordo que os pais estão cada vez menos ausentes. Curto muito fantasia, então com certeza vou colocar esse livro na minha lista.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que nunca tinha ouvido falar deste livro mas fiquei curioso!! :) Acho que a capa não me chamaria a atenção, mas a tua opinião, sim!

    Enfim, gostei muito de saber que traz fantasia e também critica a sociedade, para alem de uma narrativa simples!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros com mistério! Fiquei muito interessada na premissa. E que capa é essa? 😍

    ResponderExcluir
  6. Oi Helena, nunca ouvi falar desse livro. Gostei da premissa, especialmente por essa coisa estilo Alice, acho que nos remete a muitas coisas. O teor crítico também enriquece e me atrai pela leitura. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar sobre o livro, mas achei bem interessante. Gostei do fato de aborda a infância como tem que ser vivida e não uma infância adulta. Adorei sua resenha, me deixou com vontade de conhecer a história.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Olá! Achei a história desse livro encantadora, parece ser uma leitura muito legal!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Ou Helana, não conhecia o livro, e gostei da forma como.ele trás algumas críticas pertinentes a nossa sociedade.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  10. Olá tudo bem?
    Eu ainda não conhecia a obra mas fiquei bem curiosa, pois aborda como a infância é importante para um criança. Parece ser uma leitura profunda e cheia de reflexões, mas adoraria ter a oportunidade de ler no futuro.

    beijinhos!

    ResponderExcluir