Resenha: A Árvore dos Anjos, Lucinda Riley

15 junho 2017

Resenha de Livro
Oi amores tudo bem?
Hoje tem resenha de mais um livro lindo e emocionante da minha diva Lucinda Riley.
Lucinda tem publicado sua histórias mais antigas. Ano passado ela reescreveu Garota Italiana, um dos seus primeiros romances históricos e agora foi a vez dela nos presentear com A Árvore dos Anjos, que na publicação original de 1995, chamava-se  Não exatamente um anjo.
A história sempre foi bela e Lucinda quis então dar uma moldada a história e deu certo!
Um livro que leva os moldes de romances históricos de Lucinda só que esse, um pouco mais moderno,pois ele se passa entre 1945 – 1985.
a árvore dos anjos05

A Árvore dos Anjos Lucinda Riley

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado.
Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória.
Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical... mas que esconde um lado sombrio.
ISBN-13: 9788580417111
ISBN-10: 8580417112
Ano: 2017 / Páginas: 496
Idioma: português
Editora: Arqueiro
A Árvore dos Anjos é um livro grosso, suas quase 500 páginas acompanham a história de mãe e filha Greta e Cheska, durante 30 anos. O livro tem 55 capítulos e intercala entre passado e presente, falando um pouco de Greta e de Cheska.
A diagramação é bem simples e delicada, comum dos livros da autora.


a árvore dos anjos02
Greta é uma jovem que sonhava em ter uma vida melhor, ela foi para Londres, em 1945 para trabalhar, era dançarina de uma boate famosa e lá também conheceu David, um humorista que estava começando sua carreira e virou seu grande amigo.
Em meio a diversão e sonhoso, Greta conheceu um americano, se apaixonaram, ele a pediu em casamento e quando descobriu onde Greta trabalhava, abandonou a moça e para piorar a situação ela descobriu que está grávida.
Sem saber o que fazer e onde pedir socorro, David que sempre teve um carinho especial por Greta, ofereceu sua antiga morada para ela passar um tempo e pensar no que fazer, Greta vai para Marchmont, uma linda propriedade. Nela mora o tio de David e sua mãe, L.J.
Lá Greta vê um recomeço. Dá a luz a duas lindas crianças, Jhonny e Cheska, casa-se com Owen, tio de David, assim ela saberia que ficaria confortável e poderia dar uma vida melhor aos seus filhos.

Porém as coisas não caminham como ela gostaria, Jhonny morre por conta de uma grave pneumonia. Seu marido começa a beber demais e fica agressivo. Greta então saiu da casa rumo a Londres para dar um jeito em sua vida e mais uma vez os caminhos de David e Greta se cruzam.
Para ajudar amiga, ele oferece uma oportunidade para Cheska aparecer em um filme, o dinheiro é bom ela precisa.
Aquilo que era para ser temporário vira o ganha pão das duas, Cheska vira uma celebridade mirim, cresce nos holofotes,ganha fama e dinheiro. Mas a saúde mental de Cheska não vai bem. Ela começa a quer ser adulta, não quer mais a companhia da mãe e quando ela a oportunidade de ter seu primeiro papel juvenil, é apresentada a Bobby, um ator mulherengo que seduz a menina. De lá para cá a vida de mãe e filha vira de cabeça para baixo e lidar com as consequências da sedução de Bobby e os erros cometidos no passado não serão fáceis.
a árvore dos anjos04
A Árvore dos  Anjos começa primeiramente em 1985 onde Greta, não se lembra de nada da vida dela, momentos traumáticos, acidentes a deixaram com sequelas mentais, suas lembranças foram apagadas e David quer ajuda-la a recupera-las levando Greta para Marchmont para passar o natal, com sua neta e amigos.
Nesse primeiro momentos somos apresentados algumas nuances do livro que são apenas entendidas com o decorrer da história.

É um livro sensível que mostra que relações familiares são uma corta fina que precisam ser remendadas ao longo da vida e que apenas a família sabe o verdeiro significado da palavra perdão.
Acho que Lucinda Riley, soube explorar muito bem o perdão no livro. Ser perdoado, perdoar são sempre atos nobres do ser humano e um ano de amor muito grande entre pessoas.

Greta foi uma mulher forte que faz de tudo para dar a sua filha uma boa vida. Mas infelizmente Cheska deixou-se levar por muita coisa e se tornou uma pessoa mentalmente incapaz.
Os traumas que acompanharam Cheska foram muito duros para ela.
a árvore dos anjos03
Com certeza A Árvore dos Anjos foi outro romance incrível de Lucinda Riley, ela nos mostra que é uma verdadeira contadora de história. Um livro que trás um misto de emoções aos leitores, tristeza, alegria, raiva, decepção. Torcemos para os personagens terem seu momento feliz, e Lucinda Riley nos mostra que queles tiveram os momentos que precisam ter.
Uma história divina de uma família que precisa se reconstruir.

Lucinda Riley sabe o que faz sempre!
-> Siga o Blog nas redes sociais e fique mais pertinho da gente ? FacebookInstagramTwitterYouTubeBaixe o Aplicativo para celular In The Sky
Helana O'hara
Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!


5 comentários :

  1. Adore a resenha do livro, parece bastante interessante o enrendo da história. Ainda mais quando tem envolvimento familiar e romantismo.
    Obrigada pela indicação, sucesso com blog..
    Beijinhos e que Deus te abençoe ❤️🙏🏾

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não sabia desse livro. Me chamou muita atenção, quero muito lê-lo. Sua resenha está fantástica e depois dela estou ansioso para ler este livro!!
    Abraço!

    Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  3. Olá, Helana!
    Poxa, nunca li nada da autora. Mas sempre me interesso pelas sinopses. Seus comentários me deixaram animado para começar a lê-los! Já estou em busca de uma promo boa haha

    Abraço!
    Lupi Literatus

    ResponderExcluir
  4. Nossa o livro parece ser muito bom! gostei mesmo e muitas paginas tbm 500 nossa kkkkk mas eu gostei bastante da historia o livro é bem interessante e a ilustração da capa é bem chamativa com certeza é um livro q não passa despercebido pelas estantes da livraria.

    -Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Olá
    O livro tem uma história bem forte, fiquei curiosa com o destino delas.
    Também achei bem legal que a autora de um novo olhar para suas obras mais antigas fazendo renovar o interesse do publico

    ResponderExcluir