Resenha: Eu Te Darei o Sol, Jandy Nelson

23 julho 2015


Oi gente linda tudo bem?
Sim, eu sei que estou atrasadíssima com a última resenha da Maratona Literária. Mas, claro que eu não iria deixa-los a ver navios.
O livro de hoje é Eu te Darei o Sol, da querida e talentosa Jandy Nelson. Confesso que rolou uma enroladinha básica aqui na resenha porque o livro é tão bom e tão rico em história e detalhes que não soube colocar no “papel” o que ele tem de bom.

Eu te darei o sol - Jandy Nelson

Eu te darei o sol - Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636467
Ano: 2015
Páginas: 384
Quando a Novo Conceito anunciou que o segundo livro da Jandy Nelson seria publicado, dei pulos de alegria e já imaginei uma edição bafônica como do seu sucessor “O Céu está em todo lugar”. Engana-se se você assim como eu esperava isso. Apesar da diagramação ser simples, o livro tem uma história maravilhosa.
Com quase 400 páginas o livro é divido entre Noah e Jude.


Noah e Jude são irmãos. E muito competitivos. Enquanto Noah luta pelo bullying que sofre dos colegas, é solitário e vive tento problema com alguns meninos que o chamam de esquisito. Seu único porto seguro é a sua mãe.
Já Jude é uma menina linda, surfa, é popular, gosta de coisas esotérica, e tem problema com a sua mãe. Irmãs bem diferentes que precisam um do outro.
Uma tragédia na vida deles faz com que eles se afastam, fazendo com que a relação entre eles que já era estreita suma de vez.
Eu te Darei o Sol é narrado no presente e no futuro. Jude aos  16 anos fala como então as coisas no presente, ela virou uma menina sem amigos, usa roupas largas e vive da sua arte, já Noah narra as coisas no passado e fala que se tornou popular. E a trama assim vai se costurando, autora aos poucos vai tocando a sensibilidade do leitor com estes irmãos que estão tão longe um do outro e tão próximos ao mesmo tempo.

Tenho que confessar para vocês que apesar de ter amado muito o livro, ele me incomodou bastante, achei que Jandy não soube escrever um livro que aborda passado e presente. Muitas vezes durante a leitura me senti confusa, talvez a falta de “capítulos” tenha sido o problema. Como autora dividiu o livro apenas nos momentos de Noah e Jude e as pausas não eram em capítulos, cansei um pouco.
Porém por outro lado, autora conseguiu me cativar muito. Meu coração ficou apertado várias vezes nos momentos que Noah narra a história e como as coisas vão mudando lentamente.
É um livro rico em detalhes, os personagens muito bem trabalhados e cheio de histórias para contar. A autora aborda um lado dramático dos adolescentes como poucos fazem. Ela pega pequenos detalhes e transforma em algo interessante e grandioso.

Jandy Nelson é uma grande contadora de histórias, seu primeiro livro me tocou profundamente, assim como Eu te Darei o Sol que me deu uma nostalgia muito grande. Um bom livro, que precisa ser livro não apenas uma única vez e sim várias.
Vale a pena.

-> Siga o Blog nas redes sociais e fique mais pertinho da gente ? FacebookInstagramTwitterYouTubeBaixe o Aplicativo para celular In The Sky
Helana O'hara
Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!

4 comentários :

  1. a autora tem o poder de tratar de questões tão forte com um jeito singelo, ao mesmo tempo que trabalha sentimentos em seus personagens, desperta reações no leitor!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, geralmente me atraem os livros narrados a duas vozes. Até fiquei meio curiosa quando a Novo Conceito anunciou o lançamento, mas não cheguei a ir atrás do livro. Acho que o fato de eu não ter lido nada da autora também foi um motivo de eu não ter ficado tão empolgada assim. Bem, é verdade que você mencionou pontos positivos e negativos do livro, fiquei um pouco mais curiosa, mas nem tanto a ponto de realmente querer ler o livro.

    Beijooo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  3. Oi Helana,

    Estou lendo esse livro há mais de uma semana, acredita? Wow livro cansativo, nãn... chato demais.
    Não sei qual a parte mais chata as contadas por Noah ou Jude...

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que estranha essa divisão de "capítulos" da autora ;o
    acho que eu também me sentirei bem perdida :S
    parece ser uma trama linda, e eu gosto de histórias assim :D
    estou curiosa por ele e espero conseguir ler logo ;~~

    ResponderExcluir