Resenha: Primeiro e Único, Emily Giffin

24 agosto 2015

Resenha de LivroOi amores tudo bem com vocês?
O primeiro livro do #ClubeDoLivroInTheSky a ser lido era romance. Eu não tinha muita ideia de qual romance ler, até eu lembrar que tinha solicitado Primeiro e Único, o último livro a ser lançado da Giffin.
Como eu sabia que era um romance, não perdi tempo e comecei a ler logo. O problema foi que não gostei tanto do livro, uma decepção, confesso, já que os livros da Emily sempre são bem rasoaveis pra mim.
primeiro e único02

Primeiro e Único Emily Giffin

Primeiro e Único - Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.
Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.
A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581635972
Ano: 2015
Páginas: 448
primeiro e único03A capa de Primeiro e Único trás uma mulher em um campo de futebol. Ela é Shea que é o braço direito de Carr.
O livro tem uma diagramação bem simples, capítulos não muito longos, um livro com leitura bem leve em suas 448 páginas.



A sinopse do livro é bem clara, Shea é uma jovem que viveu a vida toda em uma cidadezinha que vive em função do futebol americano. Sua família nunca foi muito boa, então, acabou sendo criada junto com sua melhor amiga Lucy, ela não saia da casa dela e acabou fazendo laços lá. Cresceu, estudaram juntas, Shea fez faculdade na cidade, e virou o braço direito do técnico Clive Carr, pai de Lucy.
As coisas começam a mudar quando a esposa de Clive morre. Aos poucos Shea começa a perceber que ela nunca viveu sua vida na verdade e sim a dos outros, ela namorada um ex-jogador maconheiro e sabe que precisa mudar isso, até que ela ouvi Clive Carr e acaba colocando um ponto final nisso.
Mas apesar de Shea saber que precisa mudar, o momento não é adequado, pois ela sente que precisa ajuda Lucy a superar a morte da mãe. Mas a mudança na verdade está bem na frente dela.
primeiro e único04Os livros da Emily Giffin são sempre muito emocionantes, autora retrada muito bem acontecimentos da vida, coisas que acontecem de verdade e dá um toque delicado e sútil para isso. Uma jovem se apaixonar por um homem muito mais velho, não é novidade para ninguém, mas saber o que acontece no coração e na mente dos envolvidos é sempre uma tarefa dura.

Apesar do livro ter uma história de amor e de envolvimento linda entre todos os personagens, o livro não me prendeu. Fiquei bem decepcionada, já que Primeiro e Único, é um livro que tem lição de vida e moral grandiosa, fala muito sobre respeito, decisões importantes, amor ao próximo, acreditem, lindo!Não sei dizer se foi a tradução, ou faltou algo na história para eu ficar bem envolvida. Mas senti um certo vazio. Em alguns pontos nem parecia que estava lendo um livro da autora…. Mas quero deixar claro, isso foi uma impressão minha.

Primeiro e Único é um livro maduro. Acredito que de todas as obras que já li da autora este foi um livro que posso dizer que seja adulto, de fato. E não apenas pelo romance dos protagonisras e sim pelo modo como ele foi escrito.
Além do romance, autora ainda nos transportou no futebol americano. Modalidade que aos poucos está sendo reconhecida no Brasil, nos Estados Unidos é muito comum os jovens investirem pesado na vida de atleta quando este tem um bom futuro nele.

No geral o livro não me conquistou, mas vale a leitura!
-> Siga o Blog nas redes sociais e fique mais pertinho da gente ? FacebookInstagramTwitterYouTubeBaixe o Aplicativo para celular In The Sky

Helana O'hara


Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!

6 comentários :

  1. eu gosto bastante da escrita da autora. não me recordo quantos livros já li dela, mas dos que li não me decepcionei com nenhum =/
    estava bem empolgada para ler este pois a sinopse parece ser bem interessante... mas que pena que ele te decepcionou :(
    ainda assim pretendo ler ele, e espero não me decepcionar hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teve alguma coisa nesse livro que me deixou triste e eu nem sei te dizer exatamente o que é.

      Excluir
  2. eu em geral sou muito ranzinza com os livros da emily, geralmente não gosto tanto, mas sério, este é o que mais simpatizei, Emily traz temas novos, e apesar de eu clamar por eles sinto um pouco de estranhamento
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que faltou um pouco da própria autora no livro, dos que li, esse foi bem fraco pra mim

      Excluir
  3. Olá Helana,


    Esse livro está na minha lista de desejados, gosto muito da escrita da autora e apesar das suas ressalvas gostaria de ler...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabia que gostava dela também!

      Excluir